Pular para o conteúdo principal

Ateísmo vs Religião


Você é livre para escolher seu lado, mais não para mudar o dos outros

E ai galera, essa aqui é uma matéria adiantada por que o site ainda esta oficialmente de férias, mais eu decidi fazer essa devido a fatos que ocorreram comigo a alguns dias atrás, pelo titulo você já até sabem o que é então vamos lá. Pessoal como eu já disse na matéria de fanatismo ser obcecado por alguma coisa esta errado e o torna uma pessoa extremamente incomoda, porém, não é disto que estamos falando hoje.
Hoje nós vamos falar sobre essa especie e guerra social que se criou entre os religiosos e os ateístas, duas crenças opositórias que no fundo nascem da mesma necessidade de se acreditar em algo que esta acima de você, todas as pessoas tem o livre arbítrio para decidir tudo em suas vidas, desde que isso não prejudique o próximo, lembre-se seu direito vai até aonde o do próximo começa. Eu não sou ateu. Antes de contar o que aconteceu comigo eu gostaria de deixar claro que eu acredito em Deus, porém, não da maneira tradicional e antes que alguém queira me condenar a uma eternidade no inferno eu gostaria de ressaltar que eu estou exercendo meu direito constitucional de acreditar naquilo que me convém,  mais vamos as fatos. A dois dias atras eu comentei em um daqueles post ridículos do Facebook " compartilhe se acredita em Deus"  o que muitos de vocês teriam comentado " Para acreditar em Deus eu tenho que compartilhar essa imagem ? Nossa eu sou ateu e não sabia." Está obvio que isso foi uma piada, mais um evangélico não entendeu assim, ele achou que de fato eu era um ateu, então ele me adicionou e veio tentar " me salvar do lago de fogo" Não irei citar aqui a discussão e nem citarei nomes, mais por favor não é pessoal, agora eu não posso mais citar a palavra ateu sem que tentem me queimar em uma fogueira ?

Todos nós somos criados com uma religião ou com a crença na lógica e na ciência e alguns de nós cremos nos dois, como é meu caso. Porém não é certo tentar "converter" as pessoas a sua crença, se você acha ela ótima, bom para você ! Mais não quer dizer que a pessoa ao seu lado ache o mesmo, lembre-se pessoal todos nós somos e pensamos diferentes e é isso que torna o nosso mundo único e se todos nós pensarmos da mesma forma esse mundo vai ser um lugar profundamente chato. Ateus e religiosos vocês são livres para ser da maneira que são, porém, parem de aborrecer as pessoas mostrando que você é melhor que elas por que nesse mundo ninguém é melhor que ninguém, somos simplesmente diferentes com qualidades e defeitos distintos, o que não da mais para aguentar são ateus que acham que sabem mais que o universo inteiro e religiosos achando que estão acima de Deus, debater sobre a ciência e da religião não esta errado, desde que seja de fato um debate e não uma briga, existe uma grande diferença entre as duas coisas. Vocês não precisam necessariamente ser inimigas de alguém que tem uma opinião e uma crença diferente da sua, na verdade fazer amizade com uma pessoa diferente de você é bom, vocês aprendem um com o outro.

Bom pessoa é isso ai, eu espero que depois disso vocês fiquem mais calminhos e comecem a respeitar a opinião das outras pessoas. Eu tenho uma ótima noticia para quem esta esperando mais do Nebel, dia 10 sai o capítulo IV do Nebel com uma capa especial e uma historia bem aterrorizante para você que é fã, nós vemos já já, até mais :D

Comentários

  1. ATEÍSMO : " A existência em Deus implica necessariamente a escravidão de tudo abaixo dele. Assim se Deus existisse, só haveria um meio de servir a liberdade humana: seria o de deixar de existir.” Mikhail Bakuni


    O cérebro humano repete o que ouve, você fala português porque se habituou a escuta-lo e não o francês ou alemão. Se você se deparar com pessoas dando risadas, o seu seu cérebro ordenará que lhes acompanhe. Se você se deparar com pessoas tristes e chorando, o seu cérebro ordenará que também fiques triste e chores. Se você estiver em um ambiente em que toque 50 vezes uma música que odeias, de repente , mais tarde ao dirigir o seu carro, é bem possível se veja cantarolando àquela música. Se você se deparar com pessoas correndo em sentido contrário ao seu, com olhar de apavoro, certamente seu cérebro ordenará que faça meia volta e os acompanhe.

    Isto é o instinto animal de auto preservação da manada. O clérigo sabe disto e usa com maestria esta sua fraqueza para lhe tirar alguns dinheiros. Ou pelo menos, para transforma-lo num zumbi adulador, afinal, qual o egocentrismo, ególatra e narcisista que não gosta de ter um rebanho de cordeiros babando suas taras de fervor e crença em querer ouvir o que eles têm a dizer

    O cérebro humano também está acostumado com mentiras desde a tenra idade, contadas por àquelas pessoas que mais depende e ama, seus pais. Papai Noel, Bicho Papão, Cegonha, Coelhinho etc. Todas as fábulas capturam em sua essência o mecanismo de recompensa mediante um comportamento desejado ou imposição de consequências desagradáveis caso tal comportamento não seja atendido.

    Depois de adulto o cérebro já não consegue mais se livrar desta dependência e a estória da possibilidade de vida eterna mediante algumas condições, caem como uma luva e fazem o maior sentido dentro do sistema cognitivo que se acostumou com esta mecânica. Isto, por meio da indução sugestionamento e doutrinação - eufemismo de lavagem cerebral - ficando limitado pelo senso comum. Muito esforço, haveria de ter, para a libertação desta mazela mental. É uma lástima.

    A mesma metodologia se aplica às religiões e você é cristão e não muçulmano, judeu, indu ou budista, única e exclusivamente porque o Brasil foi colonizado por europeus cristãos. Então veneras o profeta se ajoelhando e falando ao vento.

    Se o Brasil tivesse sido colonizado por Árabes, você veneraria o profeta se prostrando de quatro com a testa no chão e o fiofó pro avesso de Meca e Medina, e clamaria por um tal de Alá que ali nunca está. E isto muitas vezes ao dia.

    Se o Brasil tivesse sido colonizado por asiáticos, você nortearia as suas certezas como base nos ensinamento de um obeso mórbido, que mal e porcamente conseguia controlar o próprio peso.

    Se o Brasil tivesse sido colonizado por indianos, você seria um idólatra da vaca, do rato e do grande "Deus" Macaco Hanumann.

    Se o Brasil tivesse sido colonizado por judeus, você iria para frente de um muro e ficaria se balançando para frente e para trás, e conversaria com a pedra feito um pateta.

    Consegues perceber agora a trivialidade e insignificância de sua crença religiosa? Sendo pois, meramente por uma questão geográfica? Dos mais de três mil deuses adorados pela humanidade ao longo de sua existência, todos eles foram os únicos e verdadeiros, tal qual o seu. E você é ateu em relação à todos. Não é ?
    Nilson









    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários sujeitos a moderação. Não são permitidos comentários de incitação ao ódio ou com palavras de baixo calão. Duvidas, vinde !ajuda"

Veja também

Mundo Ciência: como extrair DNA humano

Oi pessoal aqui é o Felipe e bem, vocês se lembram do primeiro Mundo Ciência em que eu ensinei vocês a extrair DNA de um morangos? Bem hoje eu irei ensinar a extrair o DNA de humanos, mas calma que você não irá precisar de sangue e nem nada do tipo, então vamos deixar de papo e começar com o experimento.


Para este experimento você vai precisar de:*Álcool
*Detergente
*Sal de cozinha
*Água
*Um bastão de vidro
*Recipientes para por o seu experimento
*Corante(opcional)




Procedimento:1) Pegue dois copos de água e coloque em um recipiente.
2) Adicione mais 1 colher de sal a mistura e mexa-a bem, retire 3 colheres desta mistura e coloque em outro recipiente.
3) Pegue essas 3 colheres da mistura e faça um bochecho por aproximadamente 1 minuto.
4) Coloque a mistura do seu bochecho em um recipiente(de preferencia de vidro para que você possa observar melhor a sua experiência) e coloque mais ou menos 1 gota de detergente, misturando levemente para que não forme bolhas.
5) Separe meio copo de água e coloque a…

Tutorial de como passar na auto escola

Vou aprender a dirigir e agora? (Atualizado, 12/05/2017)
Se sente nervoso por que vai entrar na auto escola? Ou esta inseguro em dirigir por ai mesmo estando habilitado? Não se preocupe, esses são medos comuns e hoje nós vamos mostrar a você tudo que você deve esperar desde a 1º aula até a 1º saída de carro.
Quanto vou gastar?
O preço das autoescolas com certeza é um fator que desencoraja as pessoas, mesmo aquelas que sonham muito em ter seu pedacinho de liberdade. Dinheiro não da em arvore, mas infelizmente é bom você estar ciente dos seus gastos em uma autoescola, por que, esse é o único caminho para poder dirigir por ai tranquilo, veja a seguir os preços aproximados, vale lembrar também que a cada ano o preço vai subir algumas centenas de Reais devido aos impostos:


* Os valores aqui citados são aproximados aos valores reais, os mesmo variam dependendo da região, e órgãos responsáveis.

Começando: Após ter pagado o valor exorbitante de entrada da categoria A (Moto), B( Carro) ou A/B (Ambos)…

Net now contra Netflix, qual é a melhor escolha?

Netflix contra Net now Nos dias de hoje, o serviço on demand de televisão tem ganhado espaço no nicho da indústria televisiva, aqui no Brasil, as duas principais concorrentes que oferecem esse tipo de serviço são a Netflix e o NET now, mas se precisarmos escolher apenas uma, qual delas venceria?
Netflix: Um serviço de assinatura muito similar a Tv a cabo, porém, com diferenciais que destacaram essa empresa no efusivo mundo dos serviços de entretenimento. Um dos principais diferenciais do Netflix é o fato de você poder usa-lo aonde quiser, pode ser um tablete, um smartfone, uma TV, um vídeo game ou qualquer coisa que tenha acesso a internet, esta característica da um novo sentido a frase “tv em todos os lugares.
Net now: Nascido do sistema de TV a cabo NET para competir diretamente com os serviços da Netflix, o Net Now oferece uma gama gigantesca de conteúdos de canais de tv e de outros serviços de vídeo, no caso do Net Now, o numero de conteúdos que estão disponíveis estã…

Os estigmas da nossa sociedade.

Estigmas Uma palavra muito presente na nossa sociedade e na pele daqueles que a sofrem, entenda um pouco melhor sobre alguns dos mais comuns tipos de estigma e como evita-los.
Estigma, nada mais é do que um preconceito coletivo, aonde um grupo é descriminado por uma maioria esmagadora, estes são considerados, comumente por boa parte da sociedade, como páreas e são frequentemente marginalizados por suas atividades, crenças ou gostos.
Os estigmas e preconceitos existem nas mais diversas formas e tamanhos, engloba quase tudo que foge de um padrão popular, e isto em sí, engloba muitas coisas, para que esse artigo não fique muito extenso ele será dividido em duas partes, conheça agora alguns estigmas comuns:
Estigma Religioso: Segundo a constituição brasileira, cada um de nós tem direito a livre escolha e expressão da fé, por ser um país laico, na teoria nós deveríamos abrigar todos os tipos de religião , porém na pratica tal coisa jamais existiu.
Nos dias de hoje, não importa qual seja sua rel…